A nova dieta das combinações

Quando você coloca no prato parcerias que facilitam a digestão, emagrece mais fácil – até 2 quilos por semana. Sem deixar de comer o que gosta!

por Eliane Contreras | foto Getty Images

Na maioria das dietas, a ordem é tirar um ou mais alimentos do cardápio. Aqui é diferente: você fica liberada para comer de tudo, desde que acerte nas combinações – elas devem ser bem feitas do ponto de vista nutritivo e também da digestão. “Parcerias erradas fazem com que os alimentos fiquem retidos no estômago por muito mais tempo e fermentem”, defende a médica e nutróloga Paula Cabral, da Clínica Hagla, no Rio de Janeiro, e autora do livro Quem Disse Que Comer Engorda (editora Idéia e Ação). Fermentados, os alimentos passam a armazenar mais energia entre suas moléculas, o que dobra ou até triplica as calorias da refeição. Esse processo ainda estimula a produção de toxinas, deixando o metabolismo mais lento e você cada vez mais pesada.

Além de evitar parcerias impróprias, a nova dieta das combinações (ou fisiológica, como Paula gosta de chamá-la), respeita as etapas da digestão – duas horas para as refeições pequenas e quatro para as maiores. Ou seja, duas horas depois do café-da-manhã você pode fazer um lanche. O intervalo entre o almoço e o lanche da tarde deve ser um pouco maior: cerca de quatro horas. “Voltar a comer num intervalo muito curto atrapalha a digestão dos alimentos que ainda estão no estômago. E isso também fermenta”, avisa Paula. Resultado: perder peso fica difícil.

Disposta a seguir a dieta? Talvez você tenha de abrir mão de hábitos consagrados na sua rotina alimentar, como beber suco na refeição. Esqueça também o doce na sobremesa: ele só deve ser consumido longe de outros alimentos. Por outro lado, você pode continuar comendo carboidrato (arroz, pão, batata) com proteína (bife, peixe, hambúrguer) – dupla proibida nas primeiras dietas que sugeriram a combinação de alimentos.

PARES IMPERFEITOS
A médica e nutróloga Paula Cabral explica por que você deve evitar...

suco ou fruta na refeição
Quando você come carne ou massa (alimentos absorvidos no estômago) e termina a refeição com uma fruta (alimento absorvido no intestino), ela fica retida no estômago durante o tempo de digestão dos outros alimentos. Ali sofre a ação do calor, das enzimas e de uma quantidade maior de ácidos e acaba fermentando. O mesmo acontece com o suco.

melhor hora: consuma suco ou fruta nos lanches, com intervalo de quatro horas das refeições principais. Esse é o tempo ideal para não atrapalhar a digestão anterior e também para você aproveitar melhor as vitaminas, fibras e minerais presentes nesses alimentos.
doce na sobremesa
A enzima que digere o doce pode inibir a enzima necessária para a digestão dos alimentos salgados. O resultado é fermentação, toxina e metabolismo lento.

melhor hora: assim como a fruta e o suco, o doce pode ser uma opção de lanche. Mas basta um bombom!
leite com fruta ou pão
O leite não combina com nenhum alimento. Quem tem intolerância à lactose deve trocá-lo pelos seus derivados, como queijo, coalhada e iogurte.

melhor hora: deixe o leite para o lanche ou a ceia. E sempre sozinho ou, no máximo, com achocolatado light.
dois carboidratos na refeição
Colocar dois carboidratos no prato aumenta o risco de você ultrapassar a quantidade ideal. Qualquer excedente desse nutriente vira gordura. E isso deixa a digestão mais demorada.

melhor hora: um carboidrato no caféda- manhã, outro nos lanches e mais um no almoço. Depois de emagrecer, você pode comer dois por refeição

pão ou massa no jantar
O carboidrato aumenta a taxa de glicose no sangue. À noite, esse processo atrapalha a ação do hormônio do crescimento (GH), liberado no sangue duas horas após adormecermos. Na fase adulta, o GH é responsável pelo rejuvenescimento (refaz o colágeno que mantém a elasticidade da pele) e, ainda, impede que o organismo estoque gordura.

melhor hora: nas fases de emagrecimento e manutenção, coma carboidrato apenas na primeira metade do dia (no máximo até o final da tarde), quando o metabolismo está mais acelerado.
cerveja com comida
Tanto a cerveja como o vinho são bebidas fermentadas, que, submetidas ao calor do estômago, fermentam ainda mais. Eles fazem o mesmo com os alimentos que encontram pela frente, atrasando a digestão. Aí as calorias dos alimentos dobram. A produção de toxina também aumenta.

melhor hora: beba cerveja ou vinho separados das refeições e sempre acompanhados de bastante água. Aliás, beba água (2 litros por dia) entre as refeições para eliminar as toxinas do corpo e facilitar o emagrecimento

sobrepor refeições
Qualquer alimento que encontrar outro no estômago provoca fermentação, mesmo que este último esteja no final do processo de digestão. Além disso, o estômago pode distender pouco a pouco, acomodando quantidades cada vez maiores.

melhor hora: 7 h, café-da-manhã; 9 h, lanche; 13 h, almoço; 17 h, lanche da tarde; 19 h, jantar; e 21 h, ceia. Assim você faz duas horas de intervalo entre as refeições menores e quatro entre a maior (o almoço).

COMBINAÇÕES FELIZES

Neste cardápio, você monta as refeições como preferir. Siga as orientações para acertar nas parcerias

café-da-manhã
........................................

PROTEÍNA (você pode escolher mais de um item)
• Ricota
• Coalhada seca
• Queijo branco
• Mussarela
• Requeijão light
• Presunto magro
• Ovo
• Peito de peru

+

CARBOIDRATO (escolha apenas um item)
• Pão francês
• Pão integral
• Pão de centeio
• Pão árabe
• Torrada
• Cream cracker

OU

GORDURA (escolha apenas um item)
• Manteiga light
• Margarina sem trans
• Azeite de oliva

+

• chá ou café

lanche da manhã
...........................................................

(escolha apenas um item)
• Suco de fruta
• Água-de-coco
• Bebidas energéticas

almoço
...........................................................

CARBOIDRATO (escolha apenas um item)
• Arroz (de preferência integral)
• Batata (assada ou purê)
• Beterraba
• Cenoura crua ou cozida
• Feijão
• Macarrão
• Aipim cozido
• Suflê de legume
• Torta
Obs.: na fase de emagrecimento, até a dupla arroz e feijão deve ser evitada. Depois de atingir o peso que deseja, ela fica liberada.

+

PROTEÍNA (você pode escolher mais de um item)
• Almôndega
• Frango (cozido ou grelhado)
• Frutos do mar (camarão, lula)
• Carne magra (cozida ou grelhada)
• Peixe (ensopado ou grelhado)
• Rosbife

+

FIBRA (escolha à vontade)
Abóbora, abobrinha, alcachofra, alface, aspargo, berinjela, beterraba, brócolis, cebola, chicória, chuchu, cogumelo, couve-flor, escarola, espinafre, jiló, palmito, pepino, pimentão, quiabo, rabanete, repolho, tomate, vagem.

lanche da tarde
...........................................................
(escolha apenas um item)
• Iogurte natural desnatado
• Gelatina diet
• Pipoca sem gordura trans
• Cream cracker com manteiga (eventualmente)
• Leite com achocolatado light

OU

FRUTA (escolha à vontade)
Tangerina, laranja, tomate, abacaxi, grapefruit, limão, kiwi, lichia, morango, cereja, manga, amora, pêssego, maçã, pêra, damasco, ameixa, pinha, romã, pitanga, frutas secas (abacaxi, banana, caqui, damasco, figo, mamão, uva).


jantar
...........................................................

PROTEÍNA (você pode escolher mais de um item)
Veja a lista do almoço

+

FIBRA
• Sopa de verduras e legumes (sem arroz ou macarrão)
Obs.: para temperar as folhas e os legumes (a turma das fibras), use azeite de oliva, limão e pouco sal.

OU

FRUTA (você pode escolher mais de um item)
Tangerina, laranja, tomate, abacaxi, grapefruit, limão, kiwi, lichia, morango, cereja, manga, amora, pêssego, maçã, pêra, damasco, ameixa, pinha, romã, pitanga, frutas secas (abacaxi, banana, caqui, damasco, figo, mamão, uva).

ceia
...........................................................
(escolha apenas um item)
• Leite com achocolatado light
• Suco de fruta
• Salada de fruta

SEM CONTAR CALORIAS Para saber quanto comer para não engordar, faça assim: coloque no prato uma quantidade pequena de cada alimento e coma devagar. Se ainda estiver com fome, sirva-se novamente da mesma combinação. Você tem vontade de comer só mais um pedacinho de torta ou de carne? Então, esqueça. Isso não é fome e o que consumir a partir daí vai fazer você engordar




2 comentários:

krislany disse...

eu to fazendo essa dieta a 3semanas, mas continuo com meu peso , me sinto bem , mais leve. so que essa dieta demora pra perder peso

Marta Vadesilho disse...

Adorei as dicas.. sou uma mulher de 55 anos super saudável e disposta..apesar de pesar 100 kilos.... sempre lutando contra a balança....Mas, entendi muito bem como foi dito aqui...e vou seguir..... Gostaria de saber se a Drª Paula tem plano de saúde.Pois, não tenho como pagar... me esposo está desempregado.
Parabéns! gostei mesmo do modo que foi colocado.
Muito grata,
Marta Vadesilho

Google